123i Explica
k12872826a

O que valoriza um imóvel

Quanto vale esse apartamento?

Alguns aspectos são conhecidos por valorizarem imóveis, quer seja para compra, venda ou locação. O 123i elaborou uma lista exclusiva para você que busca uma transação imobiliária ou deseja avaliar o seu próprio bem:

1. Parques e praças: Estar próximo a áreas verdes é um dos principais fatores que levam a valorização de um imóvel. Contato com a natureza, fácil acesso para prática de esportes e vista privilegiada são apreciados pela maioria dos compradores (ou locatários) de imóveis.

2. Shopping Center e centros comerciais: Contar com um local para fazer as compras do dia a dia também é considerado um ponto positivo de um imóvel. Muitas vezes, o desenvolvimento imobiliário atrai comerciantes e prestadores de serviços para atender a demanda da nova população residente e muda definitivamente as características de um bairro.

3. Metrô: Fique atendo as atuais e novas linhas do metrô, pode ser uma boa aposta na valorização do imóvel.

4. Legislação: Plano diretor, lei de zoneamento, entre outros, definem os vetores de crescimento da cidade, assim como delimitam a expansão de alguns bairros tradicionais. Ao analisar tais referências, você poderá, por exemplo, investir em uma região em crescimento.

5. Verticalização: A taxa de verticalização é definida pelo razão ‘quantidade de domicílios tipo apartamento sobre quantidade de domicílios total’. Quanto maior o percentual, mais verticalizada a região. O que isso significa na prática? Se um bairro está bastante verticalizado e há poucos terrenos disponíveis para novos empreendimentos, o imóvel existente tende a ser valorizado. Normalmente tais regiões também oferecem boa infraestrutura, o que atrai uma demanda grande por imóveis.

6. Bairros adjacentes a bairros consolidados: Esse é outro fator relevante. Como os centros urbanos ainda estão em crescimento no Brasil, bairros tradicionais levam o desenvolvimento de bairros adjacentes. A mesma lógica se aplica a cidades. Normalmente as oportunidades de negócio estão em ruas próximas ao bairro mais tradicional.

7. Preço do m2: Pensando na compra de um imóvel, calcular o preço/m 2 (preço total dividido pela área privativa do imóvel) pode ser um bom exercício. Ao comparar o preço/m 2 do imóvel de interesse ao preço/m 2 de imóveis similares do bairro, você entenderá melhor o valor praticado na região, o que também poderá te ajudar no durante o processo de negociação do bem.

8. Perfil morador: Você busca imóvel para morar ou investir? Se pretende alugar o imóvel, defina primeiramente o público alvo a ser atingido (família, solteiros, executivos, etc.). Em seguida, veja se o bairro, planta, decoração, infraestrutura do bairro, etc., agradaria a tal perfil de locatário.

9. Revitalização: Investimentos públicos podem revitalizar e transformar uma região. Ao realizar tal análise, você poderá atuar de forma preditiva e realizar um bom investimento imobiliário. Na cidade São Paulo, Largo da Batata e Praça Franklin Roosevelt são bons exemplos de locais revitalizados, que levaram a valorização de imóveis do entorno.

10. Fatores básicos: Neste último item, destacaremos fatores já conhecidos e relacionados a valorização de imóveis. São eles: localização, endereço, andar, quantidade de elevadores, apartamentos por andar, vagas de garagem, vista, padrão construtivo, acabamento, mobília (locação), itens de lazer, valores condomínio e IPTU, idade do prédio, necessidade de reforma (prédio ou imóvel), quantidade de banheiros, lavabo para visitantes e posição do imóvel em relação ao sol.

Por Cristiane Crisci

Carregar mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Cristiane Crisci
Carregar mais em 123i Explica

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

Veja Também

Conheça os apartamentos de luxo recém lançados em SP

O alto padrão estão voltando a São Paulo ...