Casa à venda em Betel - Casa Com 3 Dormitórios À Venda, 175 M² Por R$ 830.000 - Condomínio Greenville - Paulínia/sp

Betel, Paulínia - SP
Quartos : 3
Área útil : 175m²
Vagas : 4
Banheiros : 5
Suítes : 3
Salas : 2
Ano de construção : 2010
Código: ca4997
Preço
R$ 830.000
R$ 4.743/m²

Casa à venda em Betel - Casa Com 3 Dormitórios À Venda, 175 M² Por R$ 830.000 - Condomínio Greenville - Paulínia/sp

Casa térrea em condomínio de Betel. Com 3 suítes, lavabo, closet master, armários planejados em todos os quartos, sala ampla de dois ambientes com cozinha integrada, varanda gourmet com churrasqueira, área de serviço com banheiro, acabamento fino, com aquecimento solar, ar quente e frio na sala e todos os quartos, fogão cooktop Brastemp com boca de alta potência, forno embutido de alta potencia e máquina de lavar louças, todos Brastemp. Condomínio de alto padrão com bosque, pesqueiro, quadras de tênis, futebol, squash, academia ao ar livre, cachorrodromo, piscinas e salão de festas, aulas de funcional e yoga Ótima localização, poucos minutos de barão Geraldo e parque dom pedro shopping. Agende uma visita Haletéia Crecisp 171.056 19 99908 6162

Outros valores

Condomínio
IPTU
R$ 575
R$ 0 / mês

Características da unidade

Lavabo
Quintal

Características do condomínio

Não há informações sobre as características das áreas comuns deste edifício.

Fale com o anunciante

Imobiliária Jazz.com

Portfólio
CRECI: 031.267 - J
Por que Jazz.com? Antes de iniciar a leitura dessa breve descrição, convido você a fazer a reflexão: Por que Jazz.com? O Jazz em um parágrafo Para começarmos a falar da Imobiliária, é fundamental dar uma pincelada na história da nossa inspiração. O Jazz surgiu no final do século XIX, utilizando como matéria prima inicial o ritmo trazido pelos escravos africanos. A batida rústica, ao encontrar a grande diversidade cultural presente em Nova Orleans, incorporou nuances europeus e até asiáticos em sua composição. E, na ocasião, ao final da primeira guerra mundial, a grande quantidade de instrumentos de metais sendo descartados criou a situação perfeita para a popularização do ritmo. Durante os anos 20, com o advento dos discos, o Jazz ganhou braços para atingir outros continentes e classes sociais. Ele deixa então de ser um ritmo da periferia de Nova Orleans, para se tornar um ritmo universal, presente em toda cultura ocidental. Ok, e o que Imobiliária pode ter a ver com o Jazz? Acreditamos que tudo pode receber um olhar diferenciado. Crises se transformam em oportunidades, e dificuldades em aprendizados. Da mesma forma que o Jazz, ao utilizar os instrumentos descartados pelo exército, utilizou o que estava a vista de todos. Onde outros viam sucata, havia ouro. O importante sempre é haver harmonia! E para isso acontecer, não precisamos de grandes estrelas; e sim de uma excelente banda, que toque em conjunto, cada um melhor na sua especialidade. De nada adianta se ter o melhor pianista do mundo se o mesmo não cria harmonia com o grupo. No Jazz não existe playback, pois toda música é composta por improvisos. Improvisos em harmonia. Cada músico é também um compositor, que segue sua sabedoria anteriormente adquirida, unindo-se com a nova situação que a música lhe contempla. Compor vem de dar forma, definir os nuances. E exatamente por isso, demos a liberdade de nos chamar de Compositores de Histórias de Vida.
Publicidade
Entrar em contato